EILA AMPULA: 100 ANOS DE ARTE EM FORMA DE TAPEÇARIA

Relembramos a artista finlandesa radicada no Brasil Eila Ampula, que completaria 100 anos em 2016

Uma mulher cuja trajetória se confunde com a história da colônia de Penedo, no Rio de Janeiro, Eila Ampula foi também uma artista plástica de reconhecimento internacional, principalmente graças aos seus trabalhos com tapeçaria. De tão bonitos, os tapetes de Eila sempre foram expostos em paredes, como verdadeiras obras de arte.

20160405_1260x687

Nascida em Tampere, sudoeste da Finlândia, ela veio para o Brasil em 1929, com 13 anos, no grupo pioneiro de Toivo Uuskallio, para fundar uma comunidade em que predominasse o trabalho na lavoura e a filosofia vegetariana. Ao chegar aqui, Eila e sua família encontraram uma realidade muito diferente daquela imaginada.

A adaptação difícil e os desafios no novo país formaram a personalidade forte de Eila, que viria a se tornar uma líder dentro da colônia de Penedo. Desde cedo demonstrando interesse pela arte, ela começou a pintar quadros a óleo, recebendo incentivos de nomes ilustres como o pintor Candido Portinari. No entanto, as dificuldades para vender as obras levaram Eila a se interessar pela tapeçaria, técnica através da qual encontrou sucesso imediato na década de 1960.

20160405a_1260x687

Seus trabalhos com tapeçaria ganharam reconhecimento internacional e foram apresentados em exposições na Suécia, Finlândia, Estados Unidos e Japão, dentre outros países. Sempre muito objetiva e até exageradamente crítica, ela costumava dizer que o talento correspondia a apenas 5% das suas obras, sendo os restantes 95% resultado de muito trabalho e esforço.

Em 2000, Eila ficou conhecida por uma entrevista muito engraçada no programa Jô Soares, onde pode mostrar todo seu humor inusitado e inteligência, mesmo aos 84 anos. Oito anos mais tarde, em 2008, ela faleceria aos 92 anos em Penedo, como a última representante do grupo de imigrantes finlandeses que fundou a comunidade, deixando uma obra de enorme valor e muitos ensinamentos para seus filhos e netos.

A Cura do Corpo e da Alma Através da Arte

Em homenagem a minha amiga Débly!

Olá, meninas.

Quanto tempo!

Eu já estava morrendo de saudades, mas minha vida esteve bastante corrida. Conto aqui para vocês a razão:

No início de maio, precisei dar suporte a uma amiga que sofreu um acidente. Escolhi pôr o mundo das artes temporariamente de lado e ajudá-la nesse momento difícil.

Foram dias intensos, nos quais adquiri uma enorme experiência de vida. Jamais imaginei que teria força suficiente para socorrer alguém, mas cuidei dela em minha casa com muito carinho e dedicação, convivendo com a dor e a ansiedade de uma pessoa jovem e ativa, que de uma hora para outra se viu confinada a uma cama, sem poder se mover sozinha, ou mesmo realizar as tarefas normais do dia a dia.

Foram mais de 15 dias aguardando a cirurgia, mas, graças a Deus, o procedimento foi marcado e tudo correu bem.

Ela precisou convalescer em minha casa, e aqui ficou por mais algumas semanas para o acompanhamento do pós-operatório. Por conta desse processo desgastante, algo nela estava diferente: minha amiga se encontrava frágil, mais emotiva e bastante ansiosa. As dúvidas, naturalmente, eram muitas: “Como vou trabalhar?”; “Como ocuparei o meu tempo?”; “Como ganharei dinheiro para pagar as contas?”; “Por que eu?”

Descobri que Deus só dá uma cruz pesada para os fortes e capazes de carregá-las. Embora nós, seres humanos, não aceitemos as derrotas e as tragédias em nossas vidas, as vezes elas são necessárias a fim de descobrirmos dentro de nós mesmos outras capacidades, oportunidades e diferentes maneiras de sobreviver.

Muitas vezes, precisamos chegar ao fundo do poço para perceber o quanto somos capazes de realizar proezas, ainda que em cima de uma cama, ou de uma cadeira de rodas.

Foi então que Deus projetou novas ideias e um sentido novo para aquela vida. Minha amiga enxergou a oportunidade de recomeçar e começou a pensar em alternativas para preencher o vazio e conquistar sua independência financeira.

Juntas, decidimos realizar algo que ela já tivesse certa facilidade. No caso, ela já possuía experiência em trabalhar com emborrachados para a criação de lembranças para festas. Assim, mais uma vez, percebi o real valor da arte e o quanto uma boa ideia pode aliviar a alma, reduzir a ansiedade e ainda gerar renda. Para isso, basta trabalhar com amor e dedicação, a fim de superar as limitações.

Optamos em trabalhar com feltro, por ser mais vendável, e ainda porque a forma de trabalhar com esse material é bem parecido com o emborrachado, que ela já conhecia. Logo no primeiro dia de trabalho o semblante de minha amiga se transformou. Ela deixou de ser triste e frágil e ganhou uma aura otimista, radiante e esperançosa.

Claro, dificuldades existiram no começo, como acontece com qualquer artesã. Mas ela não desistiu! Isso é importante em nossas vidas, a persistência. Muitas vezes, não podemos controlar tudo que acontece ao nosso redor, mas podemos controlar a forma de reagir diante das adversidades.

A arte possui esse incalculável poder curador da mente e do físico, como já foi comprovado em hospitais de países desenvolvidos. Como a arte não é simples, ela exige que o nosso cérebro seja capaz de se exercitar e, por conseguinte, gerar transformações positivas. Não por acaso quem exerce a arte manda embora inclusive a depressão, entre outras coisas enfermidades.

Minha querida amiga poderia agora estar em cima de uma cama adoecendo cada vez mais. Decidiu, no entanto, não seguir por esse caminho. Ela está alegre, otimista, poderosa, apesar das limitações físicas. Continua trabalhando, feliz com o dom recém-descoberto e os novos horizontes abertos por intermédio da arte.

Sabe o que eu mesma aprendi com tudo isso?

Que a vida dá muitas voltas e devemos estar preparados, porque em cada uma delas você pode encontrar uma nova lição.

Aprendi que a arte pode curar pessoas e transformar não apenas ambientes, como também, e fundamentalmente, corações. Pode mandar embora as preocupações e encher espaços vazios de esperança e sonhos.

Aprendi que nada é em vão. Essa pausa que dei em minha rotina foi na verdade um teste enriquecedor, que me fez amadurecer como pessoa e como artesã. Enxerguei com outros olhos a fragilidade humana e agora tenho certeza ser possível transformar vidas apor meio da arte.

Hoje minha amiga retornou à sua cidade e continua se recuperando. Onde antes existia um trauma e preocupações com o futuro, agora há esperança. Quer saber? Suas obras são lindas! Nasceu uma nova artista – e de muito talento.

Acredite, você também é capaz. Não importa o rumo de sua vida, quem segura as rédeas é você. Busque o melhor e boas coisas virão!

Beijos, meus amores. Vamos aprender a fazer arte. Estou de volta e cheia de inspiração!

A COR É O MAIOR LUXO QUE EXISTE

Issac Mizrahi ganha retrospectiva no Jewish Museum

Confira um passeio imperdível para quem está em Nova York

Issac Mizrahi  (Foto: Andrea D'Andrea)
Issac Mizrahi (Foto: Andrea D'Andrea)

Jewish Museum, em Nova York, recebe exposição que conta a trajetória do estilista americano Issac Mizrahi. O colorido e o lúdico invadiram as galerias do segundo andar do museu (que fica na Fifth Avenue, bem pertinho do Guggenheim)  com looks multi coloridos, vibrantes, irreverentes, bem humorados, criativos e extremamente femininos, característica dos trabalhos de Issac como designer de moda e figurinista de musicais, balés e peças teatrais.

As criações de Mizrahi são uma apologia às cores e ao bom humor. Frases como “a cor é o maior luxo que existe” e “eu não entendo pessoas mal humoradas” estão espalhadas pelas paredes, numa tentativa de explicar o que na verdade não precisa ser explicado: a ideia constante de trazer cor e diversão para a moda.

Issac Mizrahi  (Foto: Andrea D'Andrea)
Issac Mizrahi (Foto: Andrea D'Andrea)

Issac Mizrahi: An Unruly History entrelaça os vários segmentos de sua prolífica carreira, justapondo trabalho na moda, cinema, televisão e artes cênica, resgatando a influência americana nas criações do estilista, que mescla alta-costura com cultura popular.

Embora mais conhecido por seus desenhos de roupas, a criatividade de Mizrahi se expandiu ao longo de uma carreira de quase três décadas entre atuação, direção e figurino, intercalada com programas de televisão e livros sobre moda.

Issac Mizrahi  (Foto: Andrea D'Andrea)
Issac Mizrahi (Foto: Andrea D'Andrea)

A exposição abrange o período que vai desde o primeiro desfile em 1988 (e que teve participação de Linda Evangelista vestindo laranja da cabeça aos pés) até os dias atuais.

Imperdível para quem passar por Nova York, até 18 de setembro.

The Jewish Museum
1109 5th Avenue

Fonte – Vogue

Laços e Arcos ícone da Moda

12688222_776654509107340_7932483953252347555_n

Meninas, a revista Glamour Americana, fez uma matéria sobre Laços e Arcos, que se transformou no ícone da moda por permanecer ao longos dos anos em evidência nas passarelas e nas cabeças das modelos, artistas, ricas e famosas.

Além de ser um acessório bonito os Laços e os Arcos são uma solução quando os cabelos estão feios ou quando você não tem tempo pra ir ao salão, é só da uma levantada nos cabelos e colocar um bonito Laços ou Arco, que além de ficar charmoso deixa um look com o ar chique, e fica uma fofura em cabelos curtos ou longos.

Até para uma festa muito elegante você não pode ficar sem esse detalhe-ícone na cabeça.

O que você esta esperando, venha escolher o seu!!  Visite Minha Loja Virtual!

Ou visite o meu canal e aprenda laços lindos! Arte Por Toda Parte!

 

E para se inspirar ainda mais, visite o Pinterest e confira as Pins especiais que salvei para vocês 🙂  Cris Trindade no Pinterest ! Não se esqueçam de me seguir,  ok!

E então meninas quem ai também é apaixonada por laços e adora compor o look com esse acessório lindo?

 

O Fantástico mundo do FELTRO

4a258a30baefbdd55f1c0725722f384c.jpg

Muitas vezes trabalhamos com produtos que não sabemos a origem, um deles é o feltro.
O fantástico feltro que nos permite milhões de possibilidades.

Mas você sabia de que é feito o feltro?
O feltro é feito de lã ou pelos de animais, cujas fibras são agregadas por calandragem. Dentre os pelos mais usados estão os de lebre, coelho, carneiro, camelo e castor.

O feltro é usado atualmente em diversos produtos, sofás, pisos, revestimento, chapéus e em artesanato.

E como falar de feltro sem se encantar com sua delicadeza. Versátil,ele é a fonte de renda para muitas pessoas.
Por isso hoje separei alguns tutoriais especiais para vocês se aventurarem nesse fantástico mundo do feltro e fazer o dinheiro correr atrás de vocês!

7d70491c378f26632c6e8d1bfee2ace91325c398e0d27af0d27d3f825b1db9247666df60315aa669aba830f1bd4f1499a98fddf9c23d678694eef6cdecb3c6d8b6f3fea6f02e6a57bd9fbee7b2dcadc5caixa-costura-promocao-caixa-de-costura-cartonagemd9b4858c0f46ef48bc90646dc6497f9fd18b6d3894c168ed223e168e6ad567cdd245a5f9b2c7ec60b45b912441d2d14d (1)

Quer ver mais inspirações lindas com feltro ?

é só ir na minha conta do pinteret que reservei uma pasta especial lá (https://br.pinterest.com/cristianeart/feltro/) Não se esqueça de me seguir também no Pinterest e ficar por dentro das novidades 😀

E então meninas, quem ai já inspirou e correu para pegar a tesoura??

Inspirações para o dia das Mães

Oi meninas!! Como foi o fim de semana de vocês? 

Por aqui não tivemos pausa. Estamos preparando um conteúdo incrível de vídeos com tutoriais maravilhosos para vocês fazerem o dinheiro correr atrás de vocês nesse dia das mães, e claro também presentear quem você ama. 
 
Se você quer se manter no mercado e sempre em evidência eu vou te dar uma dica importantíssima! 
Siga as tendências! Reme a favor da maré! 
É natal? Use o seu talento para criar produtos para o natal!
É Carnaval? Faça produtos para o carnaval! 
É dia das mães ? Então Claro! Crie presentes para os dias das mães. Se você prefere só fazer acessórios, crie acessórios para as mães. 
 
É hora de pensar positivo. É hora de fazer o dinheiro correr atrás de você!
 
Aqui preparei algumas ideias para vocês já se inspirarem
(todas as imagens foram retiradas da internet – créditos aos artistas que produziram) 
caixa-costura-promocao-caixa-de-costura-cartonagemSONY DSCflor-de-papel-7Flores-artesanais-para-o-Dia-das-Mães-006ideia_presente_dia_das_maes3presente-de-dia-das-mães1-pcs-Big-Flower-Decor-Elastic-Hairband-for-Women-one-Rose-Flower-Three-Pearls-Decor-Hair

E então meninas , como estão a produção de vocês para o dia das mães?

Quem disse que acessório de cabelo é só coisa de criança?

acessorios-cabeca-taylor-swift-flores52276

Vejo no facebook, instagram , pinterest e em outras mídias que muitas das minhas alunas e seguidoras que trabalham com arte, fazem em sua maioria acessórios para cabelo.

Senti falta de ver acessórios para adultos, mulheres charmosas , usando as lindas peças que vocês fazem. Então resolvi fazer esse post.

Muita gente ainda pensa que  flor no cabelo é coisa de criança, laço no cabelo também, e headbands charmosas, cheias de brilho, nem pensar em uma mulher adulta!

Se você é uma delas,  trate já de mudar esse  PENSAMENTO PRECONCEITUOSO ! Os acessórios para cabelo nunca deixou de ser um charme a mais e pode realçar a beleza de qualquer mulher a qualquer idade.

E Se você quer se tornar uma empreendedora de sucesso e fazer o dinheiro correr atrás de você, a minha dica de hoje é SE DESPRENDA DE VELHOS CONCEITOS E OUSE! SURPREENDA SEUS CLIENTES.

Falando nisso, me lembrei de uma publicação que li recentemente no site da revista Capricho falando exatamente sobre uma cantora famosa que tem uma paixão especial por acessórios de cabelo.

Confere ai alguns trechos:

  acessorios-cabeca-taylor-swift-flores52276

Taylor Swift é nosso grande ícone de estilo quando pensamos em romantismo e delicadeza.  Uma de suas marcas registradas são os acessórios de cabeça fofos.

A cantora continua apaixonada por flores, só que pelas mais discretinhas. Ela trocou a headband brilhosa por uma tiarinha amarela  toda lindinha.

  acessorios-cabeca-taylor-swift-basicos52279

Os acessórios básicos também mudaram ao longo do tempo. As headbands trançadas e fininhas (de preferência com flores laterais) eram as queridinhas da cantora. Hoje, ela está na vibe das tiaras lisas ou com detalhes muuuito delicados.

acessorios-cabeca-taylor-swift-brilho52281

Quando a ocasião pede algo mais glamouroso, ela tem sempre uma opção fofa. Se antes Tay investia em acessórios maiores e com pedras mais exibidas, atualmente a cantora prefere os modelos bem delicados.  Ambos animam o coque básico na hora!

acessorios-cabeca-taylor-swift-lencos52280

Como não amar os lenços incríveis da Taylor? Ela deixou os modelos coloridos tipo faixa um pouquinho de lado e tem apostado bastante nas cores sóbrias e no lacinho.

E então meninas,  Se inspiraram ? Me falem nos comentários qual dos acessórios da Taylor vocês mais gostaram 😀

Mãos a obra e façam modelos lindos . Não é hora de ter dúvida, é hora de fazer o dinheiro correr atrás você!

7 dicas úteis de como ganhar dinheiro com artesanato

IMG_20160331_213341[1]Você deseja começar a ganhar dinheiro com artesanato? Você já é artesã e precisa aumentar suas vendas ?

Muitas vezes deve ter se visto diante de um dilema.Você ama o que faz. As pessoas adoram o que você faz. Mas é difícil ganhar dinheiro.

A maioria das artesãs lançam seus negócios porque amam o que fazem. O lucro não é a sua principal motivação. Mas você precisa ter lucro, se você quiser continuar a fazer todas essas coisas maravilhosas e ter um negócio de verdade.

Pra te ajudar, vou te dar 7 dicas úteis de como ganhar dinheiro vendendo seu artesanato. Leia com atenção, coloque em prática e fique pronta para se destacar no mercado.

Escolha algo para começar

Toda jornada começa com o primeiro passo. Escolher o primeiro produto é um momento importante na carreira de toda artesã.

A primeira criação é como nosso primeiro namorado. É legal, é bonitinho, tem seu charme, mas não é nenhum Brad Pitt. Logo outros virão… alguns melhores, outros piores; é assim que funciona. Escolha um produto do qual você gosta e que você percebe que outras pessoas também se interessam por ele. Se for algo que as pessoas já estão acostumadas a comprar, melhor ainda.

Crie uma marca

Não confunda sua empresa com seus produtos. Depois que você começar a ter contato com clientes e trabalhar nos primeiros produtos tente encontrar uma linha de atuação. Pense que produtos você gostaria de criar, quais você não trabalharia por dinheiro nenhum, que tipo de pessoa gosta dos seus produtos e quais aquelas que não tem afinidade com você.

Pense nisso tudo e crie uma marca, um nome. Não é tão difícil quanto parece. Pense em um nome legal, fácil que seja coerente com seus produtos . Nomes bem feitos passam a ideia do tipo de artesã que você é. Se você é hippie, moderna, romântica, engajada… Não dá pra se chamar “Garota da Praia” e vender meias de lã, ok?

Venda em feiras

As feiras são um excelente espaço de vendas para o artesanato.Você tem a chance de interagir com os clientes um a um. As pessoas começam a ver o seu trabalho de perto e assim têm mais chances de virarem fãs.

Hoje em dia há varias opções de feiras nas cidades, com estilos e públicos diferentes. Procure aquelas que mais tem a ver com sua proposta. Capriche no stand! Uma ambientação do espaço vai ajudar muito a vender seus produtos.

Coloque-se no lugar da cliente

Respire fundo e desapegue. O ateliê é seu mundo, mas ele gira em torno das necessidades e desejos das suas clientes. Os produtos são feitos por você e não para você.

Pesquise na internet, compre revistas especializadas, acompanhe pessoas de cujo estilo você gosta, bata perna nas melhores lojas… Não se acomode. Entenda o que está acontecendo ao seu redor e tente acompanhar as novidades.

Não tenha receio de se inspirar nos produtos dos outros. Gostou do colar que viu na novela, tente fazer igual. Viu uma mesinha retrô em uma vitrine. Tente criar algo com a mesma vibe. Assim você aprenderá técnicas novas que você acabará usando em novos produtos. Para as mais afoitas fica o aviso que há uma enorme diferença entre inspiração e falsificação, certo? (mas isso é assunto para outro post)

Tenha preços que todos podem pagar

Uma boa estratégia para ampliar suas vendas é ter produtos em diferentes faixas de preços. Isso não quer dizer que você vá desvalorizar seu trabalho.

Que tal fazer alguns produtos mais simples de forma que a pessoa que ama seu trabalho possa comprar um produto menor e se sentir conectada a você?

Uma versão mais simples e mais barata pode ser uma porta de entrada para novos clientes.

Compre como comerciante, venda como uma artista

Este é o momento de encarar o maior medo de muitas artesãs: Falar de dinheiro. Você tem paixão pela sua arte e faz o que gosta; mas, como todos os mortais, tem contas para pagar no final do mês.

Dinheiro é necessário. Simples assim. Quem tem um negócio vive sob a regra: Comprar, Melhorar e Vender com Lucro. Eu sempre falo isso, tem que fazer o dinheiro correr atrás de você!

Temos que escolher bons materiais para trabalhar e comprá-los pelo preço mais baixo possível. Tem que chorar, pesquisar, viajar pra comprar, contar história triste… Sem trauma(risos). Não dá pra comprar matéria-prima na lojinha da sua rua e ganhar dinheiro em cima. Compre o que você precisa como uma comerciante experiente.

Já na hora de vender… Valorize-se! Deu muito trabalho? Cobre mais! O produto ficou maravilhoso? Coloque um preço melhor! Coloque na conta o seu trabalho intelectual, a inspiração da artista… Lembre-se: Comprar, Melhorar e Vender com Lucro. O segredo está no valor que a etapa Melhorar agrega ao produto final.

Não se trata de cobrar caro. A questão é buscar um preço que seja bom pra você e que sua cliente ache justo pagar. Se você diz o preço e todas as clientes se apavoram… há algo errado aí. E se você vende bem, mas não fica com dinheiro nem pra comprar uma sandália no final do mês… Há algo muito  errado aí também.

Você é empreendedora e não uma funcionária sem chefe

Ser empreendedora é ser dona do seu nariz, independente, trabalhadora…tudo isso. Mas é também uma responsabilidade muito grande. Empreender não é trabalhar sem ter chefe, sem ter horário, sem esforço e sem regras. Acreditar nisso é o primeiro passo rumo ao fracasso.

Empreender é ser responsável (por você e por quem depende de você), é saber aonde se quer chegar, é trabalhar duro agora para colher os frutos depois.

 Você que é artesã deve acreditar na sua arte, no seu trabalho. Pense grande. Seu ateliê pode te dar uma grana extra, mas também pode se tornar sua principal fonte de renda. Internet, entrega expressa, celulares… Você pode usar tudo isso para vender no Brasil inteiro e até no Exterior. Se você se planejar, poderá crescer. Contratar as primeiras funcionárias… e o sonho vai se tornar realidade.

 

Fonte de pesquisa: maesempreendedoras.net.br